quinta-feira, 18 de maio de 2017

Benção da Aliança



     E as duas pontas das duas cadeiazinhas de fieira meterás nos dois engastes e as porás nas ombreiras do éfode, na frente dele. Farás também dois anéis de ouro e os porás nas duas extremidades do peitoral, na sua borda que estiver junto ao éfode por dentro. ÊXODO 28.25,26
      Enquanto Israel andava segundo a Aliança, não houve enfermidades entre os israelitas. Não há registro de morte prematura enquanto guardavam a Aliança. Não morreu bebê, jovem, nem pessoa alguma de meia-idade. Com as enfermi­dades tiradas do meio deles, viveram sua vida até o fim sem doenças. Simplesmente, adormeciam na morte. Quando che­gava o momento de partirem, impunham as mãos nos filhos e os abençoavam, recolhiam os pés para dentro da cama, rendiam o espírito e voltavam ao lar.
     O que isso tem a ver conosco? Deus é o mesmo hoje! A Bíblia diz que Ele não muda. Deus estava contra o peca­do no Antigo Testamento (Antiga Aliança) e está contra o pecado no Novo Testamento (Nova Aliança). Deus estava contra a enfermidade no Antigo Testamento e está contra a enfermidade no Novo Testamento. Deus fez provisão para a cura no Antigo Testamento e fez também provisão para a cura no Novo Testamento!
Confissão: "Eu, como cristão da Nova Aliança, amo e sirvo ao Senhor meu Deus. Deus tirou as enfermidades da minha vida. Se a Sua vinda ainda demorar, completarei o número dos meus dias!"