terça-feira, 23 de maio de 2017

Perdão e cura



É ele que perdoa todas as tuas iniqüidades e sara todas as tuas enfer­midades. SALMO 103.3



A enfermidade sobreveio aos filhos de Israel quando desobedeceram à Lei. O perdão da sua desobediência impor­tava para a cura das suas enfermidades.


Quando os filhos de Israel saíram da proteção da Aliança, ao cometerem iniqüidades, surgiram as aflições (Sl 107.11,17,18). No entanto, quando clamaram ao Senhor, ele os livrou das suas necessidades. Enviou a sua palavra, e os sarou, e os livrou da sua destruição (Si 107.19a,20).


Temos proteção com a nossa Aliança, mas é possível sair dela.


Desde que conheci a verdade sobre saúde e cura divinas na Palavra de Deus, a única ocasião em que alguma enfermi­dade tocou em mim foi quando saí da proteção do Senhor. Ora, não quero dizer que furtei alguma coisa ou contei uma mentira; simplesmente, não estava obedecendo a Deus como deveria estar (não estava ministrando da maneira que Deus me ordenava). Por isso, eu afastei-me da proteção da Aliança e fiquei vulnerável aos ataques do inimigo. Era, portanto, necessário arrepender-me e voltar a "andar na linha". No momento em que o fiz, recebi a cura física.




Confissão: "Deus perdoa as iniqüidades. Deus cura as doenças. Ele enviou a Sua Palavra e me sarou. Ele me livrou daquilo que era mortal".

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O selo de Deus

Mas, a eles, os fez sair com prata e ouro, e entre as suas tribos não houve um só enfermo. SALMO 105.37

Você pode ver nas Escrituras que o plano de Deus foi que tudo ligado a Israel levasse o selo da prosperidade e do sucesso. Além disso, as enfermidades não deviam ser toleradas entre eles.
Assim deve ser com a Igreja. Tudo o que tem a ver com o Corpo de Cristo, com a Igreja do Novo Testamento, deve levar o selo da prosperidade, cura, abundância, saúde e do sucesso.
Aquilo que Deus disse a respeito de Israel foi especifica­mente a respeito da Igreja. Romanos 1.16 afirma: Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego (Rm 1.16). A nota de rodapé de Scofield diz que as palavras grega e hebraica traduzidas por salvação subentendem as idéias de livramento, segurança, preservação, cura e saúde. O Evangelho de Jesus Cristo é, portanto, o poder de Deus para o livramento. É o poder de Deus para a segurança e preservação. É o poder de Deus para a cura e saúde.

Confissão: "Sou um filho de Deus e membro do Corpo de Cristo, levo o selo da prosperidade, do sucesso, da cura, abundância e saúde. O Evangelho de Jesus Cristo é o poder de Deus para o livramento, e segurança, preservação, cura e saúde".

domingo, 21 de maio de 2017

Co-herdeiros



O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos, logo, herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo [...] ROMANOS 8.16,17
Você acha que as pessoas que viviam segundo a Antiga Aliança podiam ser mais abençoadas do que aquelas que estão na Igreja do Senhor Jesus Cristo?
Você acha que as pessoas que viviam segundo a Antiga Aliança podiam receber bênçãos financeiras e ter saúde e cura, e as pessoas na Igreja de Cristo não?
Você acha que a Igreja, o Corpo de Cristo, o Corpo do Filho de Deus, o Corpo do Amado, precisa debater-se na vida, empobrecida, emaciada, desgastada pela fome, doença e aflição, cantando: "Estou desgarrada, como mendiga, no meio do calor e do frio?"
Fora com tais idéias!
A Bíblia declara que somos co-herdeiros com Cristo! Filhos de Deus! Estamos no Reino de Deus!
Não somos mendigos! Somos novas criaturas.
Somos bem-aventurados acima de todas as pessoas.
Confissão: "O próprio Espírito Santo testifica com o meu espírito que sou um filho de Deus. Deus é meu Pai. Eu sou Seu filho. Posto que sou o Seu filho, logo, sou o Seu herdeiro. Sou um herdeiro de Deus, o Criador do Universo e co-herdeiro com Jesus Cristo!"