quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

O DESCENDENTE

Senhor criou uma coisa nova na terra: uma mulher cercará um varão. JEREMIAS 31.22

Adão foi criado. O restante da humanidade foi gerado pelos processos naturais. Se Jesus tivesse nascido da geração natural, Ele teria sido um espírito caído.
Paulo, em sua Carta aos Romanos 5.12, adverte-nos: Pelo que, como por um homem [Adão] entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram.
O homem está sujeito à morte; ao diabo. Logo, a descen­dência do homem consiste em outros homens caídos.
Por isso, o Redentor não poderia estar submetido à morte. O Descendente Prometido necessitaria ser alguém sobre quem o diabo não teria direitos nem autoridade legais. Necessitaria vir à luz por um ato especial do poder divino. Teria de ser concebido pelo Espírito Santo!
As palavras ditas por Deus, através do profeta Isaías [eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho], devem ser traduzidas literalmente: "Uma virgem desenvolverá em seu ventre um filho varão". O ventre da virgem era simplesmente o receptáculo do Descendente Santo até que Ele viesse à luz.

Confissão: "Obrigado, Pai, por Teu grande plano da redenção. Estou tão contente, porque criaste uma coisa nova na Terra. Estou tão feliz, porque enviaste o Descendente Divino pra nos redimir".


terça-feira, 12 de dezembro de 2017

EMANUEL

Então, ele disse: Ouvi, agora, ó casa de Davi! Pouco vos é afadigardes os homens, senão que ainda afadigareis também ao meu Deus? Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará a luz um filho, e será o seu nome Emanuel. ISAÍAS 7.13,14

Deus falou através de Seus profetas e prometeu que viria um Redentor para quebrar o domínio de Satanás e restaurar ao homem o domínio que este perdera.
Por exemplo, o profeta Isaías olhou para o futuro distante e indicou que uma filha de Davi daria à luz aquele Redentor prometido 750 anos mais tarde.
O mesmo Senhor vos dará um sinal, profetizou Isaías. Anunciou que Deus faria um milagre, uma maravilha, algo fora do comum,
O que seria?
Uma virgem conceberá e dará à luz um filho. Uma virgem teria um filho de modo sobrenatural. Será o seu nome [do filho] Emanuel, que significa Deus conosco, ou encarnação. Assim, Deus sugeriu uma união entre a divindade e a humanidade.

Confissão: "O próprio Deus deu um sinal, operou uma maravilha. Uma virgem realmente concebeu e deu ã luz um Filho. Seu Nome foi Emanuel -Deus conosco. Ele veio redimir-nos. Obrigado, Pai, por Teu grande plano da redenção, e porque enviaste o Senhor Jesus Cristo para realizá-lo''.



Kenneth E. Hagin
Alimento da Fé - Devocionais

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

SACERDOTE LEVÍTICO CADUCOU

Apocalipse 1:5 e 6 - “e da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Àquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados, e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a ele seja a glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém.”
Quando a palavra de Deus afirma que Jesus nos fez reino e sacerdotes, tal fato vem confirmar a promessa de Deus feita a Moisés conforme lemos em:  Êxodo 19:5 e 6 - “Agora se diligentemente ouvirdes a minha voz, e guardardes a minha aliança, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos. Embora toda a terra seja minha, vós me sereis reino sacerdotal e nação santa. São estas palavras que falarás aos filhos de Israel.”
No antigo testamento antes da lei mosaica, o chefe de família era seu sacerdote, como exemplo temos a vida de Noé, conforme lemos em: Gênesis 8:20 - ‘Então edificou Noé um altar ao Senhor, e tomando de todos os animais limpos, e de todas as aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar.”
Com o advento da lei, a Tribo de Levi (Arão e seus filhos) assumiu as funções sacerdotais, conforme: Números 3:3 - “Estes são os nomes dos filhos de Arão, dos sacerdotes ungidos, consagrados para exercer o sacerdócio.”
Ocorre que a promessa feita a Moisés em Êxodo 19:6 não pode ser cumprida naquela época, devido a desobediência e carnalidade do povo de Israel. 
No Antigo Testamento NUNCA TODOS OS HOMENS FORAM SACERDOTES.
O cumprimento dessa promessa se deu com a morte e ressurreição de Cristo, ou seja, não foi mediante obras e méritos humanos, e sim, pela livre graça divina, que torna cada remido em um sacerdote.
Em CRISTO TODOS OS CRENTES SE TORNAM SACERDOTES. Como acontece isso?
I Pedro 2:4 e 5 - “chegando-vos para ele, pedra viva, rejeitada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo.”
O ponto de partida da vida cristã é a conversão, é preciso nos achegarmos a Cristo, arrependermos dos nossos pecados, e aceitarmos a Jesus como único e suficiente salvador, e assim passamos a ser Filhos de Deus.
Pedro usa a metáfora da pedra viva para Jesus, e depois a mesma é expandida, ou seja, JESUS É A PEDRA VIVA, E QUANDO TEMOS UM ENCONTRO REAL COMO ELE PASSAMOS A TER VIDA.
João 6:57 - “Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim também quem de mim se alimenta, viverá por mim.”
Estávamos mortos em nossos delitos e pecados, mas quando aceitamos a Jesus passamos a ter vida e vida em abundância.
Além disso a palavra também nos diz, que SOMOS EDIFICADOS COMO CASA ESPIRITUAL.
 Os judeus eram acostumados a irem ao templo material de Jerusalém, a fim de adorarem. AGORA O CRENTE É O PRÓPRIO TEMPLO, e Deus vem nele habitar através do Espírito Santo.
 Essa verdade foi ensinada por Jesus quando o mesmo foi questionado pela mulher samaritana em: João 4:20 a 24 - “Nossos pais adoraram neste monte, mas vós, os judeus, dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós, os samaritanos, adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. Mas vem a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, pois o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.”
Assim, se estabelece uma forma muito superior de adoração para os servos de Deus.
Efésios 2:20:22 - “edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra angular. Nele todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor. E nele também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.”
1º nós nos tornamos Filhos de Deus
2º passamos a ser habitação do Espírito Santo
Mas isso não quer dizer que a igreja deixou de ser templo, pelo contrário, a igreja que congregamos é um templo. Mas cada crente individual é um templo de Deus.
I Coríntios 3:16 - “Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?”
 I Coríntios 6:19 “ou não sabeis que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus? Não sois de vós mesmos.”
Logo, a formação do templo em nossas vidas sugere o sacerdócio que cuida da adoração do mesmo.
HOJE TODOS OS CRENTES SÃO SACERDOTES DO NOVO TEMPLO DE DEUS, possuidores ao direito e do poder de se aproximarem a Deus, quando quiserem a fim de receberem graça e misericórdia.
No Antigo Testamento o templo era dividido em 03(três) partes:
è 1 - ÁTRIO  è 2 - LUGAR SANTO è 3 - SANTO DOS SANTOS
Sendo que o acesso era restrito e limitado, no átrio podia entrar todo mundo, no lugar santo somente podia entrar os sacerdotes e no santo dos santos, somente o sumo sacerdote podia entrar, e apenas uma vez no ano, no dia da expiação.
COM A MORTE DE JESUS, O VÉU QUE SEPARAVA O LUGAR SANTO, DO SANTO DOS SANTOS FOI RASGADO E HOJE TEMOS LIVRE ACESSO A DEUS.
Mateus 27:51 - “nesse instante o véu do templo se rasgou em duas partes, de alto a baixo. Tremeu a terra, e fenderam-se as rochas. No antigo testamento o objetivo do sacerdócio era o acesso a Deus, e hoje através de Jesus temos livre acesso a Deus.”
QUERO FAZER UM PARÊNTESIS AQUI, PARA RESSALTAR AS PALAVRAS DE JESUS, QUANDO NOS ENSINOU QUE NÃO SE DEVE PROSTRAR A NENHUM HOMEM POR MAIS ESPIRITUAL QUE ELE SEJA, PORQUE JESUS NOS ENSINA QUE AQUELE QUE QUER SER  O MAIOR, DEVE SER SERVO.
 Confira sua bíblia em Mateus 23: 1-12 - “23 Então falou Jesus 2 Na cadeira de Moisés se assentam os escribas e fariseus. 3 Portanto, tudo o que vos disserem, isso fazei e observai; mas não façais conforme as suas obras; porque dizem e não praticam. 4 Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; mas eles mesmos nem com o dedo querem movê-los. 5 Todas as suas obras eles fazem a fim de serem vistos pelos homens; pois alargam os seus filactérios, e aumentam as franjas dos seus mantos; 6 gostam do primeiro lugar nos banquetes, das primeiras cadeiras nas sinagogas, 7 das saudações nas praças, e de serem chamados pelos homens: Rabi. 8 Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi; porque um só é o vosso Mestre, e todos vós sois irmãos. 9 E a ninguém sobre a terra chameis vosso pai; porque um só é o vosso Pai, aquele que está nos céus. 10 Nem queirais ser chamados guias; porque um só é o vosso Guia, que é o Cristo. 11 Mas o maior dentre vós há de ser vosso servo. 12 Qualquer, pois, que a si mesmo se exaltar, será humilhado; e qualquer que a si mesmo se humilhar, será exaltado
Não idolatre qualquer líder espiritual.
 I coríntios 10:14 - 14 Portanto, meus amados, fugi da idolatria.
Gálatas 5:19-21 - 19 Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, 20 a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, 21 as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.
 Pedro o apóstolo ensinou que não se deve prostrar diante de nenhum líder espiritual, inclusive advertiu Cornélio sobre isso em Atos 10:24-26 “24 No outro dia entrou em Cesárea. E Cornélio os esperava, tendo reunido os seus parentes e amigos mais íntimos.
25 Quando Pedro ia entrar, veio-lhe Cornélio ao encontro e, prostrando-se a seus pés, o adorou. 26 Mas Pedro o ergueu, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem.” 
O apóstolo Pedro nos ensina que todos fomos chamados para ser sacerdotes. Porque todos nós temos o Espírito Santo dentro de nós, e por isso, não deve existir idolatria a líderes espirituais.
Paulo nos ensina que todos nós necessitamos da graça de Deus, porque todos pecamos. Ou seja, TODOS, eu, vc, seu líder, qualquer pessoa na face do planeta. Dizer que seu líder não tem defeito, que não erra, que não peça é a maior aberração bíblica que poderia existir, uma grande heresia. Confira sua bíblia em romanos 3:23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
Para aqueles que se dizem perfeitos, que não tem defeitos, cuidado…. Porque a palavra de Deus ensina que todos pecamos. Confira em I Joao 1: 8-10 “8 Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. 9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. 10 Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”
Nós podemos amar nossos líderes espirituais, mas nunca, jamais idolatra-los.
 Voltando a nosso tema, a palavra de Deus nos orienta como deve ser o nosso acesso a Deus:
 Hebreus 10:19 a 23 - “19Portanto, irmãos, tendo ousadia para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, 20pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, 21e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, 22 cheguemo-nos como verdadeiro coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência, e o corpo lavado com água limpa. 23 Guardemos firme a confissão da nossa esperança, pois fiel é aquele que fez a promessa. “
O acesso a Deus não é somente falarmos com Deus e cantarmos louvores, mas SERMOS TRANSFORMADOS PELO SEU PODER, TER OS FRUTOS DO ESPÍRITO LATENTE EM NOSSA VIDAS.
Por isso a palavra fala que devemos nos aproximar-nos a Deus com:
1.                  OUSADIA 
1.                  ATRAVÉS DE JESUS (por meio de orações, súplicas, louvores) 
1.                  COM CORAÇÃO SINCERO 
1.                  COM FÉ 
1.                  EM SANTIDADE (CORPO LAVADO E PURIFICADO) 
Isso tudo vem provar que aquilo que nos detém no progresso espiritual não é a ausência ou insignificância do poder de Cristo, mas falta de coragem espiritual, confiança, preguiça, amor maior pelo mundo do que por Deus.
 Nós devemos nos aproximar de Deus pessoalmente, pois não podemos servir a Deus à distância ou por procuração.
 É por isso que devemos ORAR SEM CESSAR, vigiar, estar em espírito de oração, porque agindo assim estaremos conectados com Deus.
COMUNHÃO E INTIMIDADE
Ora se Jesus nos oferece passagem livre ao Santo dos Santos, não devemos em hipótese nenhuma ficar estagnados no Átrio.
Mas devemos almejar e ansiar por estar em contato direto com Deus, o exaltando e aprendendo com Deus.
Então nos tornamos Filho de Deus, somos edificados templo do Espírito Santos, E PASSAMOS A SER CHAMADOS DE SACERDOTES (TENDO EM VISTA O LIVRE ACESSO QUE TEMOS A DEUS ATRAVÉS DE JESUS).
 – Principal característica do sacerdote é : SER SANTO
A partir do momento que convertemos deve ocorrer uma transformação real nas nossas vidas, as quais vem do arrependimento e fé.
Arrependimento, PORQUE TODO AQUELE QUE NÃO RENUNCIA A SI MESMO, AO MUNDO, E AS OBRAS DO DIABO JAMAIS PODE VER O REINO DE DEUS.
 A santificação não é somente um suposto estado de impecabilidade, visto que não existe perfeição impecável, mas É AGREGAR VALORES MORAIS E ESPIRITUAIS ensinados por jesus.
Romanos 8:2 “porque a lei do espírito de vida, em Cristo Jesus, livrou-me da lei do pecado e da morte.”
Além de termos vitória sobre o pecado é necessário crescer em santidade na presença do senhor, agregar valores morais e espirituais ensinados por Jesus e sua palavra.
Aquele que pensa que um pecadinho não faz mal a ninguém, que está tudo sob controle, está totalmente equivocado, POIS NÃO HÁ MEIO TERMO, NÃO EXISTE TERRA DE NINGUÉM, OU VOCÊ SER VE A DEUS OU SERVE AO DIABO.
Paulo usa no livro de Romanos várias metáforas de guerras para falar sobre o reino de pecado. O pecado é um tirano, dominador, que usa de todas as armas da injustiça para nos afastar de Deus e nos levar para a morte.
Porém, A SANTIFICAÇÃO É UM MEIO DE OBTERMOS VITÓRIA SOBRE O PECADO, PORQUE OS FRUTOS DA EXPIAÇÃO DE CRISTO NOS PERTENCEM, porque tudo que Jesus conquistou na cruz é direito nosso, é nossa herança, inclusive a vitória sobre o reino das trevas.
É preciso sempre termos em mente que o Espírito Santo de Deus é a base de toda a santificação, porque sem Ele nada podemos fazer. O Espírito é o penhor da nossa herança.
JESUS NOS CAPACITA A TRIUNFAR SOBRE O MUNDO, VISTO QUE A VIDA CRISTÃ NÃO É SÓ GOZAR O PERDÃO E A COMUNHÃO COM DEUS, MAS COMBATER O INIMIGO.
A santificação indica tanto o processo como também o resultado.
Mateus 5:48 - “Sede vós, pois, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai que está nos céus.”
Assim como os sacerdotes tinham que entregar sacrifícios a Deus, nos também nos dias de hoje, também somos conclamados a OFERECER SACRIFÍCIOS ESPIRITUAIS.
OS SACRIFÍCIOS ESPIRITUAIS ENVOLVEM O OFERECIMENTO DA NOSSA PRÓPRIA VIDA A DEUS, PARA SEU AGRADO E GLÓRIA.
Assim, OS PRÓPRIOS SACERDOTES SE TORNAM SACRIFÍCIOS VIVOS:
Romanos 12:1 - “Portanto, rogo-vos, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis OS VOSSOS CORPOS COMO SACRIFÍCIO VIVO, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.”
Esse versículo nos fala da OFERTA DO PRÓPRIO EU
É QUANDO RENUNCIAMOS AO MUNDO E ENTREGAMOS NOSSAS VIDAS EM OBEDIÊNCIA A DEUS.
Além disso a palavra nos ensina que devemos glorificar a Deus com os nossos corpos
I Coríntios 6:20 - “fostes comprados por bom preço, glorificai, pois a Deus no vosso corpo (e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus)”
O sacrifício vivo é uma comparação com os holocaustos do A.T.
A palavra HOLO = TODO
Isso nos dá a idéia sobre a natureza absoluta da dedicação espiritual que Deus requer de nossa parte, ou seja, o CARÁTER ABSOLUTO DO SERVIÇO QUE NOS COMPETE PRESTAR A DEUS.
VIVO, porque o crente presta seu serviço a Deus através de sua vida consagrada.
Na hora da oferta temos que nos entregar 100% para Deus, sem qualquer tipo de reserva.
Abrão certa vez quando foi oferecer holocaustos ao Senhor, as aves de rapina vinham sobre o holocausto na tentativa de pegar algum pedaço, diminuindo assim a oferta de Abrão. Porém Abrão as enxotava.
Gênesis 15:11 - “então as aves de rapina desciam sobre os cadáveres, porém Abrão as enxotava.”
Nossa oferta a Deus deve ser total e não em parte.
Jesus pagou um alto preço por nós, nos comprando totalmente, por isso não há razão para que Deus não tenha tudo de nós.
Por isso devemos entregar nossa vida 100% a Deus é uma questão de honestidade.
Devemos apresentarmos a Deus com toda a extensão de nossa vida, com toda intensidade, de toda alma, de todo coração.
Nosso sacrifício diário consiste no louvor a Deus na outorga de ação de graças a seu nome e também no serviço prestado a Deus.
JESUS NÃO NOS SALVOU PARA SERMOS EXPOSTOS COMO PRÉMIOS, MAS PARA PROCLAMARMOS SEU NOME, PARA O ADORARMOS, PARA O SERVIMOS.
I Pedro 2:9 “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”


domingo, 10 de dezembro de 2017

CARECENDO DA GLÓRIA


Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. ROMANOS 3.23

O homem fez o impensável! Adão, tendo recebido domínio sobre as obras da mão de Deus, foi inicialmente o deus deste mundo. Mas Adão conscientemente cometeu alta traição contra Deus ao conceder a Satanás o domínio que recebera de Deus. A traição de Adão foi cometida com tamanha base legal, que Deus não poderia rescindir o contrato estipulado com Adão, contrato cujos poderes Adão transferira para Satanás. Por isso, Satanás, e não Adão, ficou sendo o deus deste mundo (2 Co 4.4). E assim começou o reino destrutivo de Satanás.
Assim, a morte espiritual, a separação de Deus, sobreveio ao homem. Quando Deus desceu ao entardecer para andar e falar com Adão, Deus chamou: "Adão, onde estás?" E Adão respondeu: "Escondi-me". Adão já estava separado de Deus!
Outro aspecto da morte espiritual, a natureza de Satanás, também sobreveio ao homem. O diabo se tornou o pai espiritual do homem. Note que Jesus disse aos fariseus: Vós sois do diabo, que é vosso pai (Jo 8.44 ARA). O homem é espiritualmente um filho do diabo. Participa da natureza do seu pai. Por isso, o homem não pode ser salvo pela sua conduta. O homem não pode ficar na presença de Deus como está, tendo em si a natureza do diabo, seu pai. Para ser salvo, o homem necessita de alguém que pague a penalidade pelos seus pecados, além de lhe dar uma nova natureza.

Confissão: "Obrigado, Pai, pela minha nova natureza. Obrigado, Pai, porque Tu tomaste providências para que eu fosse co-participante da natureza divina (2 Pedro 1.4 ARA)".


sábado, 9 de dezembro de 2017

COROADO DE GLÓRIA

Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos. SALMO 8.3-6

Deus não criou o homem para a morte! A morte, o pecado, a enfermidade, o ódio, a vingança e todas as tragédias desse tipo refletem condições na Terra, as quais não faziam parte do plano original do Criador. Pelo contrário, o homem foi criado para a alegria, felicidade e paz!
O homem foi feito para ter a comunhão eterna com Deus. Foi criado à própria imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26,27). Foi criado para a glória de Deus (Ap 4.11).
Deus deu ao homem uma posição imediatamente inferior à posição dEle na Sua criação, com domínio sobre o universo (Sl 8.3-6; Gn 1.26-28). Adão era senhor de si mesmo, da criação e de Satanás. Adão não era obrigado a sucumbir ao pecado; ele teve a escolha.

Confissão: "Farei aquilo para que fui criado: terei comunhão com Deus. Vou glorificá-Lo. A Bíblia nos ensina que, sem fé, é impossível agradar a Deus (Hb 11.6 ARA). Portanto, terei fé. Não serei dominado pelo pecado, pela enfermidade, pelo medo, pela dúvida, ou por qualquer outra coisa do diabo. Opto por andar com Deus".


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

SALVAÇÃO

Pois que tão encarecidamente me amou [...] lhe mostrarei a minha salvação. SALMO 91.14,16

Embora eu não possa concordar com todas as observações do Dr. C. I. Scofield, responsável pela Bíblia de Referências, a nota de rodapé que ele fez em Romanos 1.6, relativa à palavra salvação, é excelente. O Dr. Scofield, um estudioso de grego e de hebraico, escreveu:
As palavras gregas e hebraicas que significam salvação subentendem as idéias de livramento, segurança, preservação, cura e perfeição.
El Shaddai prometeu que nos daria livramento, segurança, preservação, cura e perfeição. Isso porque Ele prometeu que nos mostraria a Sua salvação!

Confissão: "Porque me apeguei a Deus com amor, o Deus que é mais do que suficiente me mostrou a Sua salvação. Ele me tornou conhecido o Evangelho de Jesus Cristo, o qual é o poder de Deus para a salvação (Rm 1.16). Esse Evangelho é o poder de Deus para o meu livramento. É o poder de Deus para minha segurança. É o poder de Deus para a minha preservação. E o poder de Deus para a minha cura. É o poder de Deus para a minha perfeição. Ele é mais do que suficiente!"



Kenneth E. Hagin
Alimento da Fé - Devocionais

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

LONGEVIDADE

Porque a mim se apegou com amor [...] saciá-lo-ei com longevidade [...] SALMO 91.14,16 (ARA)

Alguém me disse: "Irmão Hagin, conheci um pastor que era um maravilhoso homem de Deus e morreu com 42 anos de idade".
Isso não significa que eu preciso morrer jovem. Não sei em que aquele pastor acreditava, mas sei em que eu acredito. Eu sei que o Deus mais do que suficiente disse: Saciá-lo-ei com longevidade (Si 91.16 ARA).
Outra pessoa poderá dizer: "Isso significa simplesmente que viveremos para sempre no céu". Não, mesmo os pecadores viverão para sempre. Viverão em um lugar, e nós viveremos em outro. O texto bíblico se refere à benção de desfrutarmos da longevidade aqui na Terra.
Uma leitura de Provérbios revela que a Palavra de Deus ensina que praticar o correto prolongará a nossa vida, mas fazer o mal encurtará a nossa vida.
O texto de Efésios 6.1-3 instrui a criança a honrar seus pais para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.
Pedro confirmou os Salmos, garantindo-nos que as promessas contidas neles nos pertencem. Leia 1 Pedro 3.10 e Salmo 34.12.
A duração de vida que nos é prometida é de 70 ou 80 anos (Si 90.10). Mas nada de meio-termo. Não aceite nada menos do que isso. E creia em Deus para receber essa bên­ção plena!

Confissão: "Porque me apeguei a Deus com amor, El Shaddai me saciará com longevidade. A não ser que o Senhor Jesus Cristo volte antes de eu morrer, viverei a plenitude dos meus anos, servindo a Deus. Viverei e trabalharei juntamente com Deus, cumprindo a Sua vontade na Terra".


Kenneth E. Hagin
Alimento da Fé - Devocionais

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

ELE HONRA

Pois que tão encarecidamente me amou [...] livrá-lo-ei e o glorificarei. SALMO 91.14,15

Eu preferiria ser honrado por Deus a receber todos os louvores que este mundo pode oferecer.
Conta-se que, certo dia, quando Napoleão estava passando em revista as suas tropas, o cavalo dele começou a dar pinote. Um jovem soldado raso foi até o animal, pegou as rédeas do cavalo e o aquietou. Napoleão disse: "Obrigado, Capitão".
Os demais oficiais evitavam esse jovem. Eles tinham chegado a ter essa patente com muito esforço, mas o jovem a recebera como favor. Napoleão notou esse fato e convocou para uma revista geral a gala do seu exército. Colocou aquele jovem montado em um cavalo ao seu lado, e cavalgaram juntos até o local da parada militar. Os demais oficiais começaram, então, a dizer: "Aquele jovem é um dos prediletos de Napoleão". E começaram a adulá-lo.
Ainda que o mundo não o saiba, virá a hora em que os mundanos vão descobrir que somos prediletos do Rei dos reis e Senhor dos senhores. E desejarão ter-nos adu­lado. O próprio Jesus disse: Ao que vencer, lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono (Ap 3.21). O favor de Jesus ultrapassa tudo quanto o mundo pode oferecer.

Confissão: "Porque me apeguei a Deus com amor, Ele me porá a salvo. Ele me honrará. Sou um favorito do Rei dos reis e Senhor dos senhores. Sou um favorito do Deus que é mais do que suficiente!"


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

ELE É A SAÍDA

Pois que tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei. Estarei com ele na angústia; livrá-lo-ei e o glorificarei. SALMO 91,14,15

Deus não disse que você não teria aflições. Pelo contrário, Ele dá a entender que você terá aflições por ser crente! O mundo perseguirá você, comentará sobre sua vida e falará mal de você. O inimigo está armado contra você. O deus deste mundo (2 Co 4.4) faz pressões contra você a cada situação da sua vida.
Algumas pessoas imaginam que Deus impõe as pressões sobre elas, mas isso não é verdade. Jesus contrastou Suas próprias obras e as do diabo desta forma: O ladrão vem somente para roubar, matar, e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância (Jo 10.10). Deus não é ladrão. Quem rouba, mata e destrói é o diabo, e não Deus.
Deus diz na Sua Palavra: Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas (Sl 34.19). A palavra aflições neste versí­culo significa provas, provações. Estas são as aflições que você tem. Mas o Senhor prometeu que o livrará de quantas delas: metade? Não! De todas elas! O Senhor não parou aí, prometeu que estaria com você nas aflições. Ele próprio está presente para livrá-lo da aflição. E Ele é mais do que suficiente!

Confissão: "Apeguei-me a Deus com amor; logo, não importa qual seja aprova ou aprovação, sei que El Shaddai está comigo para me livrar. Ele é mais do que suficiente!"


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

ELE RESPONDE

Pois que tão encarecidamente me amou [...] Ele me invocará, e eu lhe responderei. SALMO 91.14,15

Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes. JEREMIAS 33.3

E tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis. MATEUS 21.22

Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis. MARCOS 11.24

E, naquele dia, nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome [...] pedi e recebereis, para que a vossa alegria se cumpra. JOÃO 16.23,24

Esses não são, de modo algum, todos os textos bíblicos sobre oração. Mas esses textos já são suficientes para inspirar nossos corações, enchê-los de ardor. Bastam para nos levar a orar. Por quê? Porque El Shaddai nos garantiu: "Responderei". O Deus Onipotente, Aquele que é mais do que suficiente prometeu que responderá àqueles que se apegam a Ele com amor!

Confissão: "Apeguei-me com amor ao Deus Onipotente; logo, Ele me responde. Invoco-O, e Ele me responde. Peço, e Ele me dá. Busco, e Ele me faz achar. Bato, e Ele abre para mim. Tudo quanto peço em oração, creio que recebi, e Deus faz com que eu receba. Se peço em Nome de Jesus, o Deus Onipotente me dá. Minha alegria está completa!"


domingo, 3 de dezembro de 2017

ELE LIBERTA

Pois que tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei [...] SALMO 91.14

"Eu farei", esta é a afirmação mais forte que alguém pode fazer, Nos últimos versículos do Salmo 91, há sete coisas que o Deus, que é mais do que suficiente, afirma, que fará a favor daquele que se apegou a Ele com amor (graças a Deus, já me apeguei a Ele com amor, e você?).
Note que Deus não disse: "Talvez, Eu o faça", nem: "Se não me faltarem as forças, Eu o farei"; "Se Meu poder não enfraquecer, Eu o farei". Deus é o Todo-Suficiente, Ele garantiu: "Eu vou fazer".
Primeiro, Deus prometeu: "Eu o livrarei". O Deus mais do que suficiente é o Deus da libertação. Ele cumpriu Sua palavra com Abraão, libertou Israel, e, hoje, continua sendo o Libertador.
Nosso Deus não é o opressor; é o Libertador! O texto em Atos 10.38 nos esclarece quanto a esse fato. Satanás é o opressor da humanidade, mas Jesus é nosso Libertador!

Confissão: "Apeguei-me a Deus com amor; por isso, Ele me libertou. Ele é o Deus da libertação. Ele é mais do que suficiente. Nunca Lhe faltarão as forças. O poder divino nunca se esgotará. Ele fará tudo quanto prometeu fazer. Ele é o Todo-suficiente; Ele fará!"


sábado, 2 de dezembro de 2017

MAIS DO QUE SUFICIENTE

E sucedeu que, ouvindo Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, que Josué tomara a Ai, e a tinha destruído totalmente, e fizera a Ai e ao seu rei como tinha feito a Jericó e ao seu rei, e que os moradores de Gibeão fizeram paz com os israelitas, e estavam no meio deles. JOSUÉ 10.1

Nesse texto, observamos El Shaddai com o povo israelita, na terra de Canaã (Canaã não tipifica o céu, porque no céu não haverá batalhas a serem travadas, nem cidade a serem tomadas, nem gigantes a serem vencidos - tais coisas pertencem a este mundo. Canal tipifica a promessa do batismo com o Espírito Santo e dos nossos direitos e privilégios em Cristo Jesus).
Quando Israel se viu em dificuldades em Canaã, Josué, o líder, falou com o Senhor. E Deus parou o universo inteiro, porque um homem de Deus orou! Deus pode fazer isso; Ele é o Deus mais do que suficiente!
Em todas as passagens do Antigo Testamento, vemos El Shaddai atuando nas vidas de homens e mulheres, profetas, sacerdotes e reis. Mas Ele não é apenas o Deus de ontem; é o Deus de agora! Ele não Se identificou como o Deus que era mais do que suficiente, nem como o Deus que será mais do que suficiente. Normalmente, nós nos referimos muito ao passado, dizendo: "Oh, era maravilhoso quando Deus fazia tais coisas", ou projetamos para o futuro: "Quando chegarmos ao céu, tudo será maravilhoso". No entanto, tudo pode ser diferentes aqui e agora, se você confiar nesse Deus, que é mais do que suficiente!

Confissão: "Creio em Deus. Confio em Deus agora. Ele é mais do que suficiente hoje! Ele é mais do que suficiente para vencer qualquer situação que eu possa enfrentar. Ele é mais do que suficiente para mim".


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

EL SHADDAI

Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o Senhor a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê perfeito. GÊNESIS 17.1

No hebraico, idioma original desse versículo do Antigo Testamento, está escrito: "Eu sou El Shaddai".
Deus Se revelou a Israel por sete nomes, que revelavam a aliança que estabelecera, e uma dessas designações foi El Shaddai, que literalmente significa o Deus que é mais do que suficiente, ou o Todo-suficiente.
Você será fortalecido em sua fé, se pensar em Deus como Aquele que é mais do que suficiente!
Em todas os episódios narrados no Antigo Testamento, Deus Se revelou como El Shaddai - o Deus que é mais do que suficiente.
Quando, por exemplo, Deus livrou os israelitas da escra­vidão no Egito, os soldados do Faraó foram ao encalço deles para prendê-los e levá-los de volta à escravidão. De um lado dos israelitas havia o deserto; do outro lado, montanhas. Diante deles, havia o mar Vermelho. Tudo indicava que estavam encurralados, mas confiaram em Deus, no Deus que é mais do que suficiente, e Ele dividiu o mar! Os abismos coalharam-se no coração do mar (Ex 15.8)! As águas foram paralisadas! Estancaram-se em montão de cada lado, como se houvesse um muro impedindo o escoamento, e Israel atravessou, andando até ao outro lado. Nosso Deus é mais do que suficiente!

Confissão: "Meu Pai é El Shaddai, o Deus que é mais do que suficiente. Ele é maior do que qualquer montanha ao meu lado. Ele é maior do que qualquer inimigo atrás de mim. Ele é maior do que qualquer obstáculo diante de mim. E meu próprio Pai. Ele é El Shaddai - o Deus que é mais do que suficiente!"


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

ADORAÇÃO

E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. ATOS 13.2

Essa é a oração da adoração: servir ao Senhor.
Deus realmente Se importa conosco. Ele Se interessa por nós e quer satisfazer as nossas necessidades, porque Ele nos mandou dirigir-Lhe os nossos pedidos. Minha observação pessoal é que uma grande parte das nossas orações consiste em: "Dá-me, dá-me, dá-me".
Precisamos separar mais tempo para a oração, para estarmos presentes nas reuniões que acontecem em nossas igrejas e para servir a Deus, estando prontos para ministrar. Quando nos dispomos a agir dessa forma, Deus pode manifestar-Se. Enquanto serviam ao Senhor e jejuavam, o Espírito Santo Se manifestou.
Deus criou o homem para Seu próprio beneplácito, a fim de ter alguém com quem tivesse comunhão. Ele é o nosso Pai. Nós nascemos de Deus. Nenhum pai gosta tanto do convívio com seus filhos quanto Deus do convívio com Seus filhos e Suas filhas.
Dedique tempo para servir ao Senhor. Ore e espere em Deus. Diga-Lhe o quanto você O ama. Louve-O. Dê-Lhe graças pela Sua bondade e misericórdia.

Confissão: "Faça sua própria confissão. Ponha em prática o que aprendeu hoje, servindo ao Senhor".


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O LOUVOR DA MEIA-NOITE

Perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. ATOS 16.25

Cantar, louvar e render graças a Deus são ações que devem estar associadas.
Paulo e Silas foram açoitados, lançados no cárcere e tiveram seus pés amarrados no tronco. À meia-noite, porém, oravam e cantavam louvores a Deus em voz alta. Os demais presos os escutavam.
A maioria das pessoas, em circunstâncias semelhantes, teria resmungado e se queixado. Se fosse semelhante a alguns cristãos de hoje, Silas teria dito: "Paulo, você ainda está aí?" E Paulo teria respondido: "Onde mais eu poderia estar?"
Silas teria resmungado: "Minhas costas estão doendo demais. Não compreendo por que Deus nos meteu nessa encrenca. Ele sabe que temos procurado servir-Lhe da melhor forma possível!"
Tal murmuração teria piorado ainda mais a situação em que Paulo e Silas se encontravam. Não foi Deus quem mandou que eles fossem jogados no cárcere; foi o diabo. Mesmo assim, temos, nessa ilustração, verdades que nos ajudam em momentos de meia-noite espiritual (provações, dificuldades etc). Quando vierem as tempestades da vida, ore, louve, cante e dê graças a Deus!

Confissão: "Louvo e dou graças a Deus o tempo todo. Nunca tenho uma atitude de autocomiseração, mas de louvor e oração".


terça-feira, 28 de novembro de 2017

ORANDO EM ESPÍRITO

Porque o que fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala de mistérios. Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. Doutra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto o Amém sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes? Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado. 1 CORÍNTIOS 14.2,14-17

O Eterno nos deu um meio divino e sobrenatural de comu­nicação com Ele. Deus é Espírito (Jo 4.24). Quando falamos em línguas, nosso espírito está em contato direto com Deus. Estamos falando com Ele por meios divinos e sobrenaturais. Desse modo, podemos bendizer em espírito e dar graças.
Quando Paulo se referiu aos indoutos, tinha em mente as pessoas que não têm conhecimento acerca das coisas espiri­tuais. Se você me convidasse para um jantar e me dissesse: "Por favor, dê graças", e eu orasse em línguas, você não me compreenderia. Você não seria edificado. Por isso, Paulo disse que, em uma ocasião, seria melhor orar com palavras compre­ensíveis a todos (1 Co 14.19).
Note, porém, que a Palavra de Deus declara que orar em línguas é um modo perfeito de dar graças!

Confissão: "Bendirei a Deus com o Espírito. Darei graças de todo coração".


segunda-feira, 27 de novembro de 2017

DANDO GRAÇAS CORRETAMENTE

A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração. E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. COLOSSENSES 3.16,17

Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 TESSALONICENSES 5.18

Note como o texto bíblico de ontem e o de hoje se asseme­lham bastante.
Um cântico no coração e as ações de graças caminham de mãos dadas.
Se você tiver a plenitude do Espírito Santo, experimentará esse louvor e essa gratidão.
De outra forma você não terá a plenitude do Espírito Santo. Encha-se do Espírito! (Jo 7.37-39; 14.16,17; At 1.4,5; 2.4; 8.14-17; 10.44-46; 19.1-3,6). Em seguida, você terá um espí­rito de louvor e ações de graças.

Confissão: "Deixo a Palavra de Cristo habitarem mim ricamente. Tiro proveito da instrução e do ensino através de salmos, hinos e cânticos espirituais. Canto ao Senhor com gratidão no coração. Aquilo que faço, seja em palavra, seja em ação, faço em Nome do Senhor Jesus. Dou por Ele graças a Deus Pai".


domingo, 26 de novembro de 2017

CHEIOS DO ESPÍRITO

E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espi­rituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. EFÉSIOS 5.18-20

"Não consigo dar graças a Deus tanto quanto eu deveria", algumas pessoas têm dito.
Você conseguiria, se obedecesse a esta admoestação de Paulo em Efésios: Enchei-vos do Espírito (Ef 5.18). E, imediatamente depois de ter dado tal ordenança, Paulo mencionou algumas maneiras de nos mantermos na plenitude do Espírito: Falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração (Ef 5.19). Um coração transbordante será o seu testemunho! Seu cálice ficará cheio e transbordará (Si 23.5). Você terá um cântico em seu coração!
Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo (Ef 5.20). A plenitude do Espírito em sua vida lhe proporcionará um coração cheio de gratidão. Você dará graças a Deus por todas as Suas bênçãos. Você dará graças mesmo em meio a provações. Não é que você dará graças pelo que o diabo tem feito, mas pela Palavra, pela oportunidade de ver Deus agindo em seu favor e por saber que todas as coisas contribuem para o seu bem (Ef 5.28).

Confissão: "Vivo na plenitude do Espírito Santo. A minha fala e o meu canto são instrumentos dEle. Dou graças ao Pai por isso".