quinta-feira, 11 de maio de 2017

Colocado contra a enfermidade



E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome [...] e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão. MARCOS 16.15,17,18

Paremos nesse aspecto a fim de analisar o seguinte: sobre quais enfermos, exatamente, Jesus diz que devemos impor as mãos?
Jesus, simplesmente, disse enfermos, e ponto final.
Nesse caso, se Deus fosse o autor da enfermidade -colocasse doenças sobre as pessoas - e fosse da Sua vontade que alguns ficassem doentes, essa declaração seria confusa. Nela, Jesus nos autorizou a impor as mãos sobre todos os enfermos.
Se Deus não Se dedicasse à ocupação da cura, Jesus for­çosamente teria dito algo assim: "Imponham as mãos sobre aqueles que Deus deseja curar, e ficarão curados. E, se a cura não for da vontade de Deus, não se recuperarão".
Nada disso! Deus colocou a Igreja contra a enfermidade, e ponto final!

Confissão: "Deus Se dedica a cura. Deus não Se ocupa com a enfermidade. Deus Se dedica à libertação. Deus não Se ocupa com a opressão. Não deixo o inimigo levar-me a aceitar a enfermidade ou a opressão como algo de Deus. Satanás é o autor da enfermidade. Deus me colocou contra a enfermidade!"