sábado, 14 de janeiro de 2017

Reconciliado



Deus estava [pessoalmente presente] em Cristo, reconciliando consigo o mundo e restaurando-o a Seu favor, não imputando aos homens as suas transgressões, nem contando-as contra eles [mas cancelando-as]; e nos confiou a palavra da reconciliação [da restauração]. 2 CORÍNTIOS 5.19 (AB)

"Irmão Hagin", perguntou certa mulher, "por que não fico curada? Sei que Deus prometeu que me curaria".
Compreendi o problema dela e procurei ajudá-la. "Não, senhora, Deus não prometeu que a curará, assim como não prometeu que salvará os perdidos. Em lugar algum da Palavra de Deus, está escrito: 'Deus prometeu salvá-lo'. Não, a Palavra de Deus declara que Deus já fez algo a respeito da sua salvação. Deus colocou seus pecados e suas iniqüidades sobre Jesus".
Deus já nos reconciliou com Ele por meio de Cristo. Ele nos deu o ministério da reconciliação. Devemos contar às pessoas que o Senhor estava presente em Jesus Cristo, reconciliando o mundo para ter comunhão com Ele. Deus não está imputando aos homens os seus pecados, os quais já não são considerados.
"Ora", disse alguém, "todos seremos salvos, não é verdade?" Não, as pessoas precisam aceitar a reconciliação que Deus oferece. Devemos nascer de novo, porque somos, pela pró­pria natureza, filhos do diabo!

Confissão: "Estou reconciliado com Deus por meio de Cristo. Estou restaurado a favor de Deus. Ele tem-me proporcionado o ministério da reconciliação".