quarta-feira, 7 de junho de 2017

Lucro


Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. FILIPENSES 1.21

Quando o corpo morre, o homem interior continua vivo. No texto de hoje, Paulo está falando a respeito da morte física, dizendo que ela é lucro [o morrer é ganho].
Ao dizer isso, Paulo põe em xeque a idéia de que, quando o homem morre, acaba tudo, ou seja, é o fim da sua história. Certamente, isso não é lucro.
Também não seria lucro para o homem morrer e ficar flutuando como nuvem no céu.
A consideração paulina acerca da morte balança os alicerces de outra teoria: a da reencarnação, a qual não passa mesmo de teoria. Algumas pessoas pensam que vão nascer outra vez neste mundo e, da próxima vez, poderio ser um boi, um cavalo ou até mesmo uma mosca. Que vantagem há em voltar a esse mundo como boi? Você poderia ser o almoço de alguém. E, se você voltasse como pernilongo, o que lhe aconteceria? Poderia ser esmagado. Como as pessoas ficam tolas quando deixam a Bíblia e se desviam para ensinamentos falsos!
A verdade é exatamente como a Bíblia a apresenta: ao morrer, o crente nascido de novo parte para estar com Cristo. Isso sim é lucro!

Confissão: "Para mim, o viver é Cristo. A vida de Cristo habita em mim, no meu homem interior, isto é, em minha alma e em meu espírito".