sábado, 3 de junho de 2017

O homem encoberto no coração

O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura de vestes, mas o homem encoberto no coração, no incorruptível trajo de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus. 1 PEDRO 3.3,4

Ninguém, a não ser Deus, sabe como você é de fato. Talvez alguns pensem que saibam, mas enganam-se. Você é um homem oculto no interior. Você é formado por corpo, alma e espírito (1 Ts 5.23). Isso que as pessoas vêem é apenas o seu exterior.
Já ouvi pastores citarem dois terços de 1 Pedro 3.3 e dizer que as mulheres não devem arrumar os cabelos nem usar nada de ouro. Mas, se fosse esse o significado dessa passagem, as mulheres não deveriam, tampouco, usar roupas arrumadas! Porque se Pedro proibiu as mulheres de arrumarem os cabelos e de terem objetos de ouro, também as proibiu de usar roupas bonitas.
Não é isso que Pedro está dizendo nesse texto. Posto que são as mulheres que mais tendem a errar nesse sentido, provavelmente a admoestação seja a seguinte: "Não gastem todo o seu tempo cuidando dos cabelos, das roupas e do homem exterior [aparência]. Tomem cuidado, em primeiro lugar, com o homem encoberto no coração - o homem em suas dimensões espiritual e emocional -, para que ele seja adornado com um espírito manso e tranqüilo".

Confissão: "Possuo um espírito. O meu Deus e Pai é Espírito. Tenho um espírito e uma alma habitando em meu corpo. Preocupo-me em adornar o meu homem encoberto no coração, ou seja, quem eu real­mente sou".