segunda-feira, 5 de junho de 2017

Coisas eternas invisíveis

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. 2 CORÍNTIOS 4.18;5.1

O homem exterior é visto.

O homem interior é aquele homem oculto. Ele não é visto. 

Paulo continua falando a respeito do homem interior já descrito no texto bíblico de ontem, 2 Coríntios 4.16. Ele está dizendo que esse homem interior é invisível e que é eterno.
Nossa casa terrestre deste tabernáculo é o homem exterior a respeito de quem Paulo fala no versículo 16. Nossa casa terrestre (nosso corpo) está em decadência. Quando morremos e somos enterrados, voltamos ao pó (Ec 12.7), mas esse não é o fim!
O homem interior é eterno!
O homem encoberto no coração é um homem espiritual, e ele é eterno!
Você possui um espírito, o qual é eterno.

Confissão: "Possuo um espírito que é eterno. Não olho para as coisas que se vêem; olho para as coisas que se não vêem, porque as coisas que se vêem são temporais, mas as coisas que se não vêem são eternas!"