terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Promessa da proteção



Leia o Salmo 91

Paulo escreveu à Igreja: Sois lavoura de Deus, edifício de Deus (1 Co 3.9b). Isso significa que pertencemos a Deus. Ora, se você tiver alguma construção de valor, por exemplo, a sua casa, você a protegerá de todas as maneiras possíveis. Deus, na Sua Santa Palavra, prometeu-nos proteção. Creio que a mais grandiosa de tais promessas é o Salmo 91.
Há muitos anos, li esse Salmo em uma tradução sueca. Vi que o versículo dez, que nas versões mais conhecidas diz: Nenhum mal te sucederá, aparece da seguinte forma na versão sueca: Nenhum acidente te sobrevirá. Pesquisei o assunto, descobri que esse significado realmente está incluído no texto original, e reivindiquei essa proteção.
Alguns anos mais tarde, verifiquei e descobri que, até então, tinha viajado a serviço da pregação do Evangelho quase 2 milhões de milhas (3,2 mil km) ao volante, sem ter sofrido um único acidente! Você deve entender que não me estou vangloriando da minha perícia como motorista; estou gloriando-me na Palavra - no Salmo 91.
O versículo dez continua: Nem praga alguma chegará a tua tenda. Reivindiquei aquela parte do texto, bem como o versículo 11: Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Deus nos tem fornecido Suas promessas e provisões, mas viveremos muito aquém dos nossos privilégios, se não fixarmos nossa fé nas promessas de Deus.

Confissão: "Faça sua confissão fundamentando-se no Salmo 91".