domingo, 19 de fevereiro de 2017

Medidor do amor

O amor [...] não é melindroso, não se exaspera nem fica ressentido; não leva em conta o malfeito contra ele [não presta atenção à injustiça que sofre]. 1 CORÍNTIOS 13.5 (AB)

Aqui está o termômetro do amor - o medidor do amor! É muito fácil descobrir se você está andando no amor. Se levar em consideração o mal cometido contra você, não estará andando no amor. Enquanto andar com Deus e permanecer cheio do Espírito Santo, não levará em conta o mal cometido contra você.
No decurso dos anos, quando coisas injustas aconteciam comigo, as pessoas me diziam: "Eu não toleraria isso e não aceitaria aquilo!" No entanto, eu simplesmente mantinha a boca fechada sem falar uma palavra, sorria e permanecia feliz. Afinal de contas, nem perderia tempo negando a mentira, se alegas­sem que eu matara minha avó! Simplesmente continuaria gritando: "Aleluia! Louvado seja Deus! Glória a Deus!"
Aconselho-o também a andar no amor para com aqueles que o tratam de maneira maldosa. Se você andar no amor a despeito das injustiças sofridas, tornar-se-á um vencedor!
Apesar de tudo, algumas pessoas considerarão que essa atitude representa fraqueza. Até mesmo alguns pastores me dizem: "Deve haver fraqueza no seu caráter; você nunca defende sua causa". Não, é uma fortaleza! O amor nunca falha.
Simplesmente, recuso-me a acalentar no coração o ressen­timento contra quem quer que seja.

Confissão: "Tenho o amor de Deus, por isso não sou melindroso, exaspe­rado, nem ressentido. Não tenho no meu coração ressentimento contra as pessoas".