quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Não temais!



Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu; não temais. MATEUS 14.27

Deus não Se dirige a nós com uma mensagem de medo. Se você começar a procurar pelo Antigo Testamento e chegar ao Novo Testamento, descobrirá que todas as vezes que Deus Se manifestava às pessoas, ou enviava anjos ou o próprio Jesus, sempre proferia a mensagem: "Não temais! Não tenham medo!"
O medo não provém de Deus, mas do diabo. Os cristãos, inclusive os pregadores e os mestres, não têm direito de colocar medo nas pessoas.
Ouvimos tanto esse tipo de pregação: medo das doenças, daquilo que vai acontecer no mundo e do diabo. A maneira de alguns pregarem a respeito dos demônios põe medo nas pessoas. Eu também prego a respeito do diabo e dos demô­nios, mas ensino que temos autoridade sobre eles e sempre devemos lembrar, em todos os nossos embates com o diabo, que ele é um inimigo derrotado.
O medo não é a mensagem da Igreja. A fé é a mensagem da Igreja. O bom ânimo é a mensagem da Igreja. "Não temais" é a mensagem da Igreja.

Confissão: "Tenho bom ânimo. Não tenho medo. Não temo. É essa a mensagem que Deus, meu Pai, dá ao meu coração. É também a Sua mensagem aos outros. Logo, minha mensagem aos outros é: fé e bom ânimo. Não tenha medo. Não temas!"