segunda-feira, 24 de abril de 2017

Senhor, ensina-nos a orar


E aconteceu que, estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar[...] LUCAS 11.1
 Alguém disse: "Para as pessoas, é mais importante aprender a orar do que conseguir formar-se em uma universidade". Note que ele não disse que não é importante conseguir escolaridade superior; afirmou apenas que aprender a orar é mais importante.
Sinto pena das pessoas que não sabem orar. Quando apa­recem as crises da vida, falam as palavras, mas soltar palavras na atmosfera não é orar! Ocupar 20 minutos no domingo de manhã, oferecendo a Deus uma preleção sobre quais são seus deveres para com a igreja, não é orar. Dar à congregação um sermão, que finge ser uma oração a Deus, não é orar.
O cristianismo, do lado prático, é uma religião viva, cujos adeptos estão em contato com o Deus vivo que ouve e atende à oração. A prática da oração pode ser definida como uma união das nossas forças com o Deus Pai - ter comunhão com Ele e cumprir a Sua vontade na Terra.
É da máxima importância que todos os cristãos, inclusive você, aprendam a orar!
Confissão: "Estou em contato com o Deus vivo que ouve e atende às orações. Tenho comunhão com Ele. Uno minhas forças com Ele para cumprir a Sua vontade na Terra".