segunda-feira, 30 de outubro de 2017

A falta de perdão

E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. MARCOS 11.25

Depois de fazer aquelas declarações maravilhosas e emocionantes, registradas em Marcos 11.23 e 24 (e ninguém, até hoje, conseguiu abstrair toda a profundidade delas), Jesus disse: E, quando estiverdes orando, perdoai (Mc 11.25a).
Se você não tem um coração perdoador, sua fé não terá efeito. Suas orações não serão ouvidas.
A implacabilidade, isto é, a disposição para não perdoar é um entrave à fé. Logo, o perdão é de máxima importância. Se as minhas orações e a minha fé não funcionassem, a falta de perdão seria a primeira coisa que eu examinaria em minha vida.
Nunca deixo a falta de perdão tomar conta da minha mente e do meu coração. Recuso-me a pensar em algo que não seja edificante e não me faça crescer espiritualmente. Recuso-me a sentir ressentimento por quem quer que seja. Não importa o que me tenham feito ou o que tenham dito a meu respeito; jamais permitirei que isso me afete.

Confissão: "Minha fé e minhas orações funcionam. Não permito que a falta de perdão faça morada em meu ser. Recuso-me a ter inimizades".


Kenneth E. Hagin
Alimento da Fé - Devocionais