quinta-feira, 30 de março de 2017

Para conosco


Muitas são, Senhor, meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; eu quisera anunciá-los e manifestá-los, mas são mais do que se podem contar. SALMO 40.5

Você notou a expressão utilizada em Efésios 1.19: A sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos? Toda a demonstração da glória de Deus revelada na manifestação da Sua onipotência apontava para o homem - as maravilhas que tens operado para conosco.
A cruz de Cristo, que representou a máxima obediência a Deus, a expiação dos pecados, e a derrota esmagadora de todos os inimigos de Deus, nos revela um homem representativo.
Cristo foi o nosso Representante, nosso Substituto, vencendo em prol da humanidade e preparando um trono e um ministério celestial para aqueles que por Ele vencessem.
A fonte originária da nossa autoridade, portanto, encontra-se em Deus que ressuscitou a Cristo e O assentou à Sua destra.
Na Epístola aos Efésios, percebemos que Deus quer que a Igreja obtenha revelação do conhecimento de tudo o que Cristo significa para nós.

Confissão: "Eu creio. Estou recebendo o espírito de sabedoria e de revelação do conhecimento de Deus. Os olhos do meu entendimento es­tão sendo iluminados para eu saber qual é a suprema grandeza do poder de Deus para com os que cremos!"