sexta-feira, 31 de março de 2017

Ressuscitados juntos



E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós [...] que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e pondo-o a sua direita nos céus. E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados. EFÉSIOS 1.19,20; 2.1

Abra sua Bíblia em Efésios 2.1. A versão Almeida revista e corrigida tem o seguinte aspecto:
E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados.
Quando uma palavra é grifada, significa que ela foi acres­centada pelos tradutores naquela versão. Assim, a tradução literal do texto original é: E estando vós mortos nos vossos delitos e pecados. Na versão Almeida revista e atualizada, tem-se: Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados.
Eu quis enfatizar que o significado do verbo empregado no primeiro versículo do capítulo dois [ressuscitar] é o mesmo do versículo 20 do capítulo um [vivificar]! Paulo não escreveu em forma de capítulos e versículos; posteriormente, os homens que organizaram a Bíblia agruparam esses textos, a fim de referenciá-los com mais facilidade.
Nosso texto a seguir visa a deixar o significado do versículo mais óbvio para você: quando Ele [Deus] O ressuscitou [a Cristo] dentre os mortos. E vos [ressuscitou] estando vós mortos nos vossos delitos e pecados. O mesmo verbo que expressa a ressurreição de Cristo também expressa a vivificação do povo cristão! Logo, o mesmo poder de Deus que ressuscitou Cristo dentre os mortos também ressuscitou [espiritualmente] a Sua Igreja!

Confissão: "O mesmo poder supremo que ressuscitou Jesus dentre os mortos também me ressuscitou!"